Carta para Engenheiro Civil

Ao engenheiro civil
Meu querido (nome),Por mais que eu apele para a minha massa cinzenta, não posso entender como um homem tão charmoso e elegante quanto você consegue conviver num canteiro de obras, cercado de poeira, barulho, ou arriscando em andaimes a integridade deste seu corpo belo e imponente!
Não sei se você vai se sensibilizar com isso, mas eu sinto meus alicerces se abalarem a cada vez que vejo você. Você consegue afetar as minhas estruturas físicas e emocionais, exerce sobre mim o efeito de um terremoto, pois sinto meu corpo todo tremer, sinto o chão se abrir sob meus pés quando você surge à minha frente.
Pode ter certeza de que há algo de muito concreto em tudo isso. Sei que é um sentimento sólido, capaz de resistir à corrosão do tempo, pois quando penso em você meu coração dispara feito uma furadeira pneumática, e as minhas mãos tremem mais do que aquele andaime dependurado no vigésimo andar.
Sei que você adora cálculo, que acredita na exatidão das coisas, mas para ser exata eu não consigo descrever exatamente o que sinto e, assim, só posso concluir que é amor… Então tá bom, era isso o que eu queria dizer, apesar do meu raciocínio não estar exatamente organizado neste instante, visto que a sua imagem coloca meus neurônios em tal estado que eles parecem estar sendo misturados em uma betoneira gigantesca…
Espero que você use toda a sua capacidade técnica para construir uma ponte que una definitivamente o meu coração ao seu. E não venha me dizer que isto não vai ser possível no momento porque uma de suas obras está com o cronograma em atraso ou porque o seu coração foi impermeabilizado anteontem!

Um beijo da,
(assinatura)

 
Ao engenheiro civil II
Meu querido (nome),

não há nada mais concreto e sólido neste mundo do que o meu amor por você, e por isso eu me derreto feito manteiga quando você se aproxima de mim com este olhar engenhosamente construído para me seduzir…
Meu querido, preciso confessar uma coisa: quando nos conhecemos e você me disse que era engenheiro civil, imediatamente esqueci dos procedimentos religiosos e admite que apenas o civil já estaria de bom tamanho quando fossemos tratar da construção de um lar!
Não venha me dizer que a sua massa cinzenta sugere cautela e um cronograma cuidadoso para que tal obra seja alicerçada em bases firmes. Não venha dizer que antes de subirmos os andares que nos levarão ao Paraíso precisaremos erguer uma estrutura resistente ao impacto de um Boeing, pois eu sinto que o meu peito arde de amor na temperatura do magma, e a convicção deste sentimento jamais seria abalada por qualquer acidente, especialmente os provocados…
Meu amor, quero ser a ponte capaz de levá-lo à margem mais prazerosa do rio, quero ser um viaduto capaz de permitir que você atravesse todos os abismos, quero que você me veja como uma auto- estrada capaz de conduzi-lo aos recantos mais felizes, quero que você me olhe com o orgulho e a admiração que devota às suas obras mais belas e impressionantes!
Meu amor, quero ser a sua construção mais faraônica, e espero que você nunca pense em jogar uma pá de cal sobre a brasa do meu coração, espero que você entenda que toda a areia do meu caminhãozinho se destina a esta nossa obra, que todo o cimento do mundo, todo o cimento capaz de solidificar esta nossa relação está guardado em minha alma!

Um beijo da
(assinatura)

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: